Newsletter:    |   Siga-nos em:
   |   
  • LIVRO
  • NOTÍCIAS E CRÍTICAS
  • LINKS

Escrava do Estado Islâmico

JINAN & THIERRY OBERLE

Preço: € 14.9

Uma história verídica

Uma antiga cativa das prisões do Estado Islâmico conta o seu calvário neste livro corajoso

Jinan, uma jovem iazidi de dezoito anos, foi raptada com a família pelo Estado Islâmico em agosto de 2014, pelo simples facto de pertencer à minoria religiosa curda residente no norte de Iraque. Separada da família, durante dois meses viverá um inferno junto de outras cinco mulheres cativas, maltratadas e reduzidas à escravidão sexual, até que consegue fugir.
Em dezembro do mesmo ano, encontra-se por acaso com Thierry Oberlé, um conhecido jornalista do Figaro, especialista em matéria de terrorismo, no campo de refugiados onde vive agora, e conta-lhe a sua história. Ambos se juntam então para escrever este libro, quebrando o silêncio para denunciar as atrocidades contra as mulheres por parte do Estado Islâmico em países como o Iraque, a Síria e a Arábia Saudita, o que constitui um testemunho excecional.

4 de agosto de 2014. Milhares de famílias iazidis veem-se encurraladas nas estradas junto ao monte Sinjar pelo Estado Islâmico. Jinan, com dezoito anos, está entre as mulheres iazidis capturadas nesse dia, juntamente com a família, de quem se verá em breve separada. A sua vida, durante os três meses seguintes, será um inferno: o da escravidão. As cativas são vendidas como gado. Os emires têm a primeira escolha: jovens raparigas, de preferência virgens e de olhos claros. Jinan é entregue a um polícia e a um imã. Com outras prisioneiras, será espancada, violada e raptada. Jinan aproveita a oportunidade para fugir da casa onde está presa com outras cinco mulheres.
No início do inverno de 2014, um encontro fortuito pô-la em contacto com Thierry Oberlé, correspondente especial do jornal Figaro. Conta-lhe a sua história, hesitante, com recato e sinceridade. Decidiu quebrar o código de silêncio e vergonha imposto às mulheres iazidis violadas.
Um testemunho excecional, o primeiro do seu género sobre as atrocidades cometidas contra as mulheres submetidas à escravidão sexual no Iraque, na Síria e na Arábia Saudita.

Não existem críticas para este livro.
Não existem links para este livro.
Não existem comentários para este livro.